Buscar

Como a indústria da carne afeta o Meio Ambiente

Atualizado: 9 de Dez de 2020


O que nós comemos pode ter influência direta com o futuro de nosso planeta. O veganismo e o ativismo ambiental não são mais apenas sobre a crueldade animal, mas também sobre como podemos alterar nossos padrões de consumo para prolongar a vida no planeta Terra.

Infográfico retirado do documentário "Cowspiracy" e traduzido pelo site "Nó de Oito"

Você sabe a causa de 91% da destruição da Floresta Amazônica? A razão da maioria das emissões de gases do efeito estufa e o destino de maior parte dos recursos hídricos? A resposta é simples: basta olhar para o seu prato. O consumo de tudo que é de origem animal é tão prejudicial ao Meio Ambiente que não importaria se todas as medidas ecológicas possíveis fossem tomadas, nós ainda correríamos o risco de uma extinção em massa. Entenda aqui como a indústria da carne afeta três setores da pauta socioambiental:


Crise climática e Efeito Estufa

O metano presente nas flatulências e fezes dos animais que consumimos contribuem mais para o efeito estufa do que os automóveis, sem mencionar também todos o gás carbônico produzido no processo de criação, alimentação e transporte desse gado. Esses gases são dois dos principais retentores de calor da atmosfera, o que nos leva, consequentemente, ao aquecimento global. O aumento de temperaturas é perceptível na pele: nós conseguimos sentir que a cada ano que passa, fica mais quente. E o que pode parecer apenas um verão mais intenso, em breve se resultará no derretimento de todo o gelo que temos no planeta, isso vai desencadear o aumento do nível da água dos mares e cidades inteiras poderão desaparecer submersas.


Degradação ambiental

O desmatamento é peça fundamental para a manutenção da agropecuária: para os pastos e para os alimentos desses animais. Além disso, a pecuária também é responsável por extinção de espécies e poluição das águas.

Sem a necessidade de pasto para a criação de gado, esses espaços poderiam ser reflorestados, o que ajudaria muito na questão da crise climática citada acima.


Consumo de recursos e fome

O grosso do que é produzido de alimentos e grande parte dos recursos hídricos são direcionados à indústria de exploração animal. Sem ela, a demanda por água diminuiria, e preservaríamos por mais tempo um elemento essencial à vida. Somado a isso, há também a questão da fome. Se o que fosse plantado nas lavouras tivesse como destino principal pessoas que estão na linha da pobreza, a necessidade de consumo humano seria finalmente suprida - e ainda sobraria!


Se você se importa com o Meio Ambiente e o futuro do planeta, e esse texto te sensibilizou. Nós, da Vitamazônia, temos mais dois conteúdos para te ajudar nessa jornada contra a indústria da carne:

Como podemos ajudar?

100 marcas veganas nacionais para consumir sem prejudicar o meio ambiente


Para saber mais:

Superinteressante: Salve o planeta - troque a carne por feijão e O verdadeiro papel dos bois no aquecimento global

Mercy for animals: 5 motivos para ser tornar vegano também pelo meio ambiente

Netflix: Cowspiracy - O segredo da sustentabilidade

Youtube: A Carne É Fraca

40 visualizações0 comentário